terça-feira, 15 de novembro de 2011

Um amor de reticências...


Um Amor como o nosso meu pequeno, é pra sempre... 
Assim feito um infinito de reticências, onde o fim 
é exatamente o [re]começo.

2 comentários:

  1. É seu esse texto?

    De qualquer form: maravilhoso!

    ResponderExcluir
  2. Ponto final.

    Ponto final.

    Ponto final.

    ...

    =D

    Que lindeza!

    Beijo, flor.

    ResponderExcluir